por
Delfina de Araujo
  Foto/Photo: Sergio Araujo





Sobralia Ruíz & Pavón
Tribo: Arethuseae
Subtribe: Sobraliinae
Etimologia: Em homenagem ao Dr. Francisco Sobral, botânico espanhol que vivem no século XVIII.

Este gênero foi escrito em l794 e a espécie tipo é a Sobralia dichotoma Ruiz & Pavón.
Este gênero engloba aproximadamente 95 espécies e ocorre em todo América tropical, do México até o Brasil, incluindo Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Honduras, El Salvador, Nicarágua, Peru, Venezuela.
Em geral, as espécies são terrestres, mas também podem crescer em árvores ou até mesmo sobre rocha. Vegetam desde o nível do mar até 2.000m de altitude. Seu caule tem a aparência de junco e a função de reserva é exercida por suas raízes carnosas.
Algumas espécies podem atingir 2m como a Sobralia macrantha, no entanto a Sobralia pumila e a Sobralia lowii são muito pequenas.
A inflorescência pode ser apical ou lateral.
Suas flores são bonitas e grandes mas de curta duração (duram em média 12horas), no entanto a mesma planta pode florescer durante meses. As flores vão se sucedendo em número de 4 a 6 na mesma haste e com diversas hastes simultâneas. Pelo fato de suas flores serem efêmeras, este gênero não é muito cultivado em vasos, sendo mais indicado para jardim onde forma lindas touceiras, no entanto podem ser cultivadas em vasos grandes, sem nenhum problema, em composto de terra vegetal fibrosa (com bastante matéria orgânica) e terra arenosa.
Umidade uniforme durante o período de crescimento seguido de um período de repouso. Deve ser cultivada sob luminosidade intensa, mas sem sol direto e ao ar livre.
Fertilize semanalmente.

:
-allenii L.O. Wiliams (Panamá)
-altissima D.E. Bennett & E.A. Christenson (Peru)
-amabilis (Rchb.f.) L.O. Williams (Costa Rica, Panamá)
-amparoae Schlecter (Costa Rica)
-amplexicaulis Ruiz & Pavon (Peru)
-atropubescens Ames & C. Schweinfurth (Costa Rica, Panamá, Colômbia, )
-augusta Hoehne (Brasil)
-biflora Ruíz & Pavón (Colômbia, Equador, Peru)
-bimaculata Garay (Colômbia)
-bletiae Rchb.f. (Panamá)
-bouchei Ames & C. Schweinfurth (Panamá)
-bradeorum Schlecter (Nicarágua, Costa Rica,)
-ciliata (C. Presl) C. Schweinfurth ex Foldats (Venezuela, Equador, Peru)
-callosa L.O. Williams (Panamá)
-candida (Poeppig & Endl.) Reichb. f. (Bolívia, Equador, Peru, Venezuela)
Mapa/Map: Sergio Araujo -cataractarum Hoehne (Brasil)
-cattleya Rchb. f. (Colômbia, Venezuela)
-ciliata (Presl) C. Schweinf. (Bolívia, Venezuela)
-corazoi Lankester & Ames (Costa Rica, Equador)
-crocea (Poeppig & Endlicher) Rchb.f. (Colômbia,   Equador, Peru)
-decora Batem. (Belize, Costa Rica, El Salvador,   Bolívia, Guatemala, Honduras, México,   Nicarágua, Panamá)
-quadorana Dodson (Equador)
-dichotoma Ruíz & Pavón (Bolívia, Colômbia,   Equador, Peru)
-dorbignyana Rchb.f. (Equador, Peru, Bolívia)
-doremiliae Dressler (Costa Rica)
-fenzliana Rchb.f. (Panamá, Colômbia, Equador )
-fimbriata Poeppig & Endlicher (Belize, Costa   Rica, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá,   Suriname, Venezuela)
-fragrans Lindl. (Belize, Brasil, Colômbia, Costa   Rica, Equador, Guatemala, Honduras, Nicarágua,   Panamá, Suriname, Venezuela)
-gentryi Dodson (Equador)
-gloriosa Rchb.f. (Colômbia, Equador, Peru )
-hagsateri Dodson (Equador)
-helleri A.D. Hawkes (Nicarágua, Costa Rica)
-infundibuligera Garay & Dunsterville (Brasil, Venezuela)
-kermesiana Garay (Equador)
-kerryae Dressler (Costa Rica, Panamá)
-klotzscheana Garay (Colômbia, Equador, Peru)
-labiata Warsz. & Rchb. f. (Costa Rica, Panamá)
-lancea Garay (Colômbia, Costa Rica, Equador)
-lepida Rchb.f. (Costa Rica, Equador)
-leucoxantha Reichb. f. (Colômbia, Costa Rica, Panamá)
-liliastrum Lindl. (Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Venezuela)
-lindleyana Rchb. f. (Costa Rica, Nicarágua, Panamá)
-lowii Rolfe (Colômbia)
-luerorum Dodson (Equador)
-luteola Rolfe (Nicarágua, Costa Rica,)
-macra Schlecter (Costa Rica, Panamá)
Mapa/Map: Sergio Araujo  
-macrantha Lindley (Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá)
-macrophylla Reichb. f. (Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Panamá, Suriname, Venezuela)
-madisonii Dodson (Equador)
-malmiana Pabst (Brasil)
-margaritae Pabst (Brasil)
-mucronata Ames & C. (Belize, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá)
-neglecta Schlecter (Costa Rica)
-neudeckeri Dodson (Equador)
-oliva-estevae Carnevali & I. Ramirez (Guiana)
-oroana Dodson (Equador )
-panamensis Schlecter (Panamá)
-paradisiaca Rchb.f. (Colômbia, Venezuela)
-pardalina Garay (Equador)
-piedadae Dodson (Equador)
-pfavii Schlecter (Costa Rica)
-persimilis Garay (Equador)
-pleiantha Schlecter (Nicarágua)
-powellii Schltr. (Colômbia, Costa Rica, Equador Panamá)
-pulcherrima Garay (Colômbia, Equador)
-pumila Rolfe (Brasil)
-rigidissima Linden & Rchb.f. (Equador)
-rondoni Hoehne (Brasil)
-rosea Poepp. & Endl. (Bolívia, Colômbia, Equador, Peru)
-ruckeri (Linden ex Lindley (Colômbia, Venezuela)
-scopulorum Rchb.f. (Peru, Bolívia)
-sessilis Lindl. (Brasil, Colômbia, Guiana, Peru, Suriname,   Venezuela)
Ilustração: Iconografia de Orchidáceas Brasileiras
-setigera Poeppig & Endlicher (Colômbia, Equador, Peru, Bolívia)
-sobraliodes (Kraenzlin) Garay (Equador)
-speciosa C. Schweinfurth (Venezuela)
-stevensonii Dodson (Equador )
-suaveolens Rchb. f. (Colômbia, Costa Rica, Panamá, Venezuela)
-stenophylla Lindl. (Brasil, Guiana, Venezuela)
-suaveolens reichb. f. (Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Nicaragua, Panamá, Venezuela)
-undatocarinata (Costa Rica, Panamá)
-tamboana Dodson (Equador )
-undatocarinata C. Schweinfurth (Costa Rica, Panamá)
-valida Rolfe (Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Panamá, Venezuela)

Foto/Photo: Sergio Araujo -violacea Linden ex Lindley (Bolívia,   Colômbia, Equador, Peru Venezuela)
-virginalis F. Peeters & Coggns. (Colômbia)
-xantholeuca hort. ex Williams (El Salvador,   Mexico, Guatemala)
-warscewiczii Rchb.f. (Costa Rica,   Nicaragua,   Panamá)
-weberbaueriana Kraenzlin (Peru)
-wercklei (Schlecter) L.O. Williams (Costa   Rica, Panamá)
-wilsoniana Rolfe (Costa Rica)
-yauaperyensis Barb. Rodr. (Brasil, Equador,   Guiana, Venezuela)


-augusta Hoehne - PA - MT
-cataractarum Hoehne - MT
-fragrans Lindl - AM, AP, PA
-infundibuligera Garay & Dunsterv. - AM, RR
-liliastrum Lindl - AL, AM, BA, ES, AP, PA, PE
-macrophylla Rchb.f. - AM, AP, PA
-malmiana Pabst - AP
-margaritae Pabst - AM
-pumila Rolfe - PA
-rondoni Hoehne - RO, MT
-sessilis Lindl - AC, AM, AP, DF, GO, MG, PA, RR
-stenophylla Lindl - AC, RR
-suaveolens Rchb. f - AP, PA
-valida Rolfe - RR
-yauaperyensis Barb. Rodr. - AM, AP, PA

AC=Acre
AM=Amazonas
RR= Roraima
RO= Rondônia
AP= Amapá
PA= Pará
MA= Maranhão

PI= Piauí
TO= Tocantins
GO= Goiás
MT= Mato Grosso
MS= Mato Grosso do Sul
CE= Ceará
RN= Rio Grande do Norte
PB= Paraíba
PE= Pernambuco
AL= Alagoas
SE= Sergipe
BA= Bahia
MG= Minas Gerais
ES= Espírito Santo

RJ= Rio de Janeiro
SP= São Paulo
PR= Paraná
SC= Santa Catarina
RS= Rio Grande do Sul




Orchidées passion by Gerald Leroy-Terquem and Djohar Si-Ahmed
Orchidées by David Menzies
Orchids from Curtis's Botanical Magazine - Edited by Samuel Sprunger.
Native Colômbian Orchids Vol 4 (by Pedro Ortiz V.)
The Illustrated Encyclopedia of Orchids , edited by Alec Pridgeon
Orchidaceae Brasilienses por Guido Pabst e F. Dungs.
Cultura das Orquídeas no Brasil, João Siegfried Decker
Iconografia de Orchidaceas do Brasil, por F. C. Hoehne
Sobralia Page de Nina Rach - http://www.geocities.com/avosite/Sobralia_pages.html




Qualquer espécie de reprodução (impressa ou digital) de material desta página - texto, fotos e/ou imagens - é expressamente proibida sem a autorização, por escrito, dos proprietários Delfina de Araujo e Sergio Araujo